Área Restrita

Boriola Consultoria

Brasil: O preço da confiança!
-A A +A

Dinheiro. Esse sempre é o pivô das grandes confusões. Políticos, autoridades policiais, líderes religiosos. Quando o assunto é dinheiro sempre há envolvimentos em esquemas de corrupção. Em quem confiar hoje em dia?

Todos os dias ao ter acesso aos noticiários sempre nos vêm a informação de algum esquema envolvendo o dinheiro. Qual o por quê das pessoas se venderem tão facilmente? Colocam em risco a própria vida, a da família e o pior, de toda a população!

Dinheiro que, teoricamente, é destinado aos cofres públicos para investimentos ao povo, sempre acaba saindo pelo ralo em direção aos bolsos de certos políticos. Subfaturamentos de notas, obras fantasmas. Há sempre o jeitinho de desviar o tal “famoso dinheirinho”!

Polícia, segurança 100%! Temos grandes policiais e autoridades máximas neste órgão público. Mas, infelizmente, em meio aos bons, sempre existem os picaretas, pois, esquemas de propinas sempre favorecem alguns e prejudicam outros!

Deputados, senadores, prefeitos. Em quem confiar? É comum observarmos na mídia todos os instantes algum político envolvido com algum tipo de esquema. É a ganância sempre presente!

Ir ao templo religioso, buscar o equilíbrio entre o bem e o mal. Essa é uma tarefa bem vinda em nossas vidas em tempos tão conturbados! Porém, será possível depositarmos nossa confiança nos líderes religiosos? Em alguns sim, em outros, jamais!

Assim como diz a Bíblia Sagrada na carta de Jeremias, capítulo 17, “Assim diz o Senhor: Maldito o homem que confia no homem...”, com base neste texto, podemos crer que de fato é impossível confiarmos em alguém nos dias de hoje!

Lavagem de dinheiro, máfias e mais máfias. Quanta sujeira em um único país! Dinheiro na mala, na cueca, escutas telefônicas, desvios! Quantas palavras comuns no nosso dia-a-dia, ouvidas e vistas por meio da imprensa! Graças a este que com certeza podemos considerar como o quarto poder que temos todas as informações “exatas” e na hora que precisamos!

Mais uma vez, em quem confiar? No amigo próximo? Será que temos mesmo um amigo? Será que não temos que ficar com um pé dentro e o outro fora na amizade?

Confiar em alguém é sempre possível, desde que, não haja em meio ao companheirismo a principal arma da desordem, o dinheiro!

Pense nisso e busque nunca envolver esse mal necessário na sua amizade!

Cláudio Boriola, consultor financeiro, palestrante, especialista em economia doméstica e direitos do consumidor. Autor dos livros: Paz, Saúde e Crédito; Práticas da Negociação; De Um tostão a Um Milhão e do Projeto para inclusão da disciplina "Educação Financeira nas Escolas brasileiras".